19 de fevereiro de 2017

Turismo abre inscrições para apoiar eventos

Festas Juninas movimentam turistas em todo o Brasil. Crédito: Embratur
Os órgãos ou entidades da Administração Pública Federal, Estadual, Municipal ou Distrital que pleiteiam apoio financeiro do Ministério do Turismo para a realização de eventos já podem inscrever os projetos no Sistema de Convênios do Governo Federal para a análise técnica das propostas cadastradas. A página do Siconv ficará aberta até o dia 9 de março. Os recursos serão provenientes da programação financeira do Ministério do Turismo. Projetos com o mesmo objetivo apoiados por meio de emendas parlamentares, de caráter impositivo, não estão incluídos nessa etapa de inscrições. Os detalhes para a obtenção do apoio do MTur estão disponíveis na portaria nº 16, de 25 de janeiro de 2017.
“Os eventos são excelentes oportunidades de atração de turistas e geração de empregos e renda nos municípios brasileiros. Por isso, o Ministério do Turismo direciona, anualmente, parte de seus recursos para produção e divulgação de festivais gastronômicos e musicais, aniversários de cidades, e feiras em todo o país”, afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão. Em 2016, a Pasta destinou R$ 14,3 milhões para 50 eventos realizados em vários municípios brasileiros.
Para inscrever o projeto, os órgãos públicos devem comprovar o caráter tradicional e de notório conhecimento popular e gratuito do evento. O evento deve contribuir para a promoção, o posicionamento do destino turístico no mercado e fomentar a atividade turística. Serão considerados eventos de abrangência municipal, estadual ou regional, formalmente reconhecidos pelo órgão oficial de turismo do estado e que sejam realizados exclusivamente por órgão públicos há pelo menos três edições. O MTur apoia cachês de artistas e bandas musicais previamente cadastrados no ministério; a divulgação do evento em rádio, televisão, jornal e revista; e a locação de gerador, banheiro químico, tenda e palco. A análise de custos dos itens de apoio ocorrerá durante a avaliação de cada proposta encaminhada.
LIMITE POR CATEGORIA - Em caso de aprovação da proposta, os valores variam de acordo com a categorização dos municípios no Mapa do Turismo Brasileiro. As cidades da categoria “A” poderão inscrever propostas de até 800 mil reais por ano, não podendo exceder R$ 400 mil por convênio. Os municípios da categoria “B” podem receber até R$ 500 mil por ano. O valor máximo por convênio é de R$ 250 mil e os que se enquadram na categoria “C” podem conveniar até R$ 400 mil reais por ano, sendo que cada convênio pode custar no máximo R$ 200 mil. Municípios da categoria “D”, que realizam eventos menores, podem receber até R$ 150 mil por ano em um único convênio.
Convênios para festas de aniversário das cidades poderão ser elegíveis, desde que as cidades estejam inseridas nas categorias “A” e “B” do Mapa do Turismo Brasileiro.

Adolescente de 15 anos é morta esfaqueada durante micareta em Natal

Maria Raquel Silva Almeida tinha 15 anos
(Foto: PM/Divulgação)
Uma adolescente de 15 anos morreu na noite deste sábado (18) após ser esfaqueada durante o 'Nazaré Folia', tradicional festa de Carnaval que acontece no bairro de Nossa Senhora de Nazaré, nas proximidades da rodoviária de Natal. Este ano, a micareta completou 15 anos. Segundo a Polícia Civil, quase ao mesmo tempo, um feirante de 50 anos que havia acabado de sair da festa foi perseguido por dois homens em uma motocicleta e assassinado a tiros. Ninguém foi preso.
“Por volta das 23h houve uma briga no meio da micareta. Maria Raquel Silva de Almeida, de 15 anos, foi atacada por outras duas jovens. Uma delas namora com o ex-namorado da Maria. E, por causa desse romance que a Maria teve, essas duas amigas se juntaram e partiram pra cima dela para tirar satisfação. Foi quando a garota levou a facada”, relatou o delegado Marcos Vinícius, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) ao G1.
Ainda de acordo com Marcos Vinícius, a mãe da Maria Raquel, que também estava na festa, tentou separar a briga e acabou agredida com uma pancada na cabeça. “Ficou um hematoma. Já a filha, foi levada para o pronto-socorro, mas infelizmente não resistiu ao ferimento”, relatou.
O delegado disse ao G1 que, quase ao mesmo tempo, um outro crime de homicídio movimentou a polícia no bairro de Nazaré. E aconteceu nas proximidades da micareta. A vítima foi o feirante Erivaldo Félix de Lima, de 50 anos, morto com pelos menos cinco disparos de arma de fogo.
“Ainda não sabemos se aconteceu algo com ele durante a festa. Ele estava lá, mas tinha acabado de sair. Sabemos que ele foi perseguido por uma dupla em uma motocicleta. Quando ele chegou à rua Cirilo Moreira, que fica nos arredores de onde acontecia a festa, ele foi alcançado e baleado. Deram pelo menos cindo tiros nele”, disse Marcos Vinícius. A PM foi chamada e ainda fez buscas pela região, mas os assassinos não foram encontrados.
“Neste caso do feirante, até o momento não há pistas, mas estamos trabalhando. Já sobre o caso da adolescente, conseguimos identificar as duas jovens que a atacaram, mas não podemos dar mais detalhes para não atrapalhar as investigações”, acrescentou o delegado ao G1.

18 de fevereiro de 2017

Vídeo mostra momento em que rainha de escola de samba é morta

Paola era rainha de bateria da escola de samba campeã do carnaval de Porto Alegre (Foto: Nilveo Pereira/LIESPA)
Um vídeo divulgado pela Polícia Civil mostra o momento do assassinato de Paola Serpa, de 33 anos, rainha da escola de samba Imperatriz Dona Leopoldina, de Porto Alegre. O crime aconteceu na última-quinta-feira (16), em Cachoeirinha, na Região Metropolitana da capital gaúcha. 

Nas imagens, é possível ver o momento em que o carro de Paola é abordado por um homem. O rapaz parece tentar tirar a rainha de bateria do veículo. Logo em seguida ele faz os disparos e foge correndo pela pista. De acordo com o delegado Newton Martins, responsável pelo caso, o crime é tratado como latrocínio - roubo seguido de morte. 
Paola estava em seu Chevrolet Cruze, na Rua Obedy Cândido Vieira, no bairro Central Park, e aguardava a filha, de 7 anos, que saía de uma aula de música.  suas redes sociais, a escola de samba Imperatriz Dona Leopoldina publicou: "Não temos palavras para esse momento. Luto".
O corpo de Paola é velado no Cemitério Parque Memorial da Colina, em Cachoeirinha.



Horário de Verão termina neste domingo nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste

Foto: Arquivo CORREIO 
O horário de verão acaba à 0h deste domingo (19), quando os relógios deverão ser atrasados em uma hora nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. De acordo com o secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Fábio Alves, a mudança tem como objetivo principal a redução no consumo de energia elétrica no horário de pico, entre 18h e 21h.
"O verão é o período que naturalmente demora a anoitecer, o dia é maior. Ou seja, com o horário de verão, é possível aproveitar a luz natural para gerar um melhor aproveitamento da energia", explica. Com isso, o uso de energia gerada por termelétricas pode ser evitado, reduzindo o custo da geração de eletricidade para o país.
O governo ainda não divulgou qual foi a economia de energia com a medida neste ano, mas a previsão inicial era de que o horário de verão resultasse em uma economia de R$ 147,5 milhões, por causa da redução do uso de energia de termelétricas.
Vigência
O horário de verão é adotado no Brasil desde 1931. A mudança começa sempre no terceiro domingo do mês de outubro e termina no terceiro domingo de fevereiro do ano seguinte. A exceção é quando o terceiro domingo de fevereiro coincide com o domingo de carnaval - neste caso, o horário de verão se encerra no domingo seguinte.
A medida só é aplicada nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, porque nesses estados o consumo de energia é maior e é onde os melhores resultados são alcançados. Segundo o Ministério de Minas e Energia, a aplicação no Norte e no Nordeste teria poucos benefícios em termos de economia de energia, por causa da proximidade da Linha do Equador, o que faz com que a duração dos dias nessas regiões não tenha mudanças significativas ao longo do ano.
Outros países também fazem mudanças no horário convencional para aproveitar a luminosidade do verão, especialmente aqueles com maior geração termelétrica. Nos Estados Unidos, por exemplo, é adotado o Daylight Saving Time, geralmente entre março e novembro.
Atenção
Quem tem viagem marcada para este fim de semana deve ficar atento aos horários de embarque. Os horários dos bilhetes de passagem são impressos em hora local, e, para evitar transtornos, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) orienta os passageiros a entrar em contato com as empresas aéreas em caso de dúvidas.

Agência Brasil

Baile à fantasia da 3ª Idade deixa Madre de Deus em clima de carnaval


A noite dessa sexta, 17, foi marcada pelo tradicional baile à fantasia da 3ª Idade, festa que acontece todos os anos na semana que antecede o carnaval.
O evento que reuniu cerca de 300 pessoas e contou com a presença do Prefeito Jeferson Andrade, o vice Jailton, além dos secretários Naiara Andrade, Djalma Thürller , Rosania Rabelo, Oswaldo Tavares e das vereadoras Cláudia e Jodiane de Jajai.
Na oportunidade foi feita uma enquete para a escolha da rainha, primeira e segunda princesa da 3ª idade. Ficando com Arlene Lemos, Lúcia Aurelina e Vera Freitas. A escolha da Miss Simpatia foi feita pelo Prefeito Jeferson, que escolheu a Maria Isabel.
O evento foi marcado também pela comemoração do aniversário de Dona Nelisa, que junto a sua família aproveitou o momento para comemorar.
Depois do baile, todos sairam pelas ruas da cidade ao som de charanga cantando as tradicionais canções de carnaval.

Informações: Rede Social da Prefeitura de Madre de Deus

Dupla Atletiba recusa oferta 'absurda' da Globo, revoluciona e transmitirá clássico no Youtube

O clássico Atletiba terá transmissão inédita na internet
O clássico Atletiba do próximo domingo, às 17h (de Brasília), na Arena da Baixada, representará um marco no futebol brasileiro.

Sem acordo com a Globo, os clubes se juntaram e irão realizar em conjunto a transmissão do confronto do fim de semana através do Youtube. Eles classificaram como 'absurda' a oferta de em torno de R$ 1 milhão feita pela emissora carioca para fechar contrato de três anos e decidiram inovar e seguir o modelo que faz sucesso entre os europeus.
A iniciativa é inédita em uma competição de alto escalão no país. Apenas detalhes burocráticos se encontram em discussão para que o anúncio seja feito. A transmissão pela dupla será feita a partir dos canais do Youtube dos dois, que contam com ao redor de 20 mil inscritos, cada um. Ela terá narrador, comentaristas e ainda repórteres de campo.
"Será, mesmo, via Youtube. É um novo modelo, excelente para cada um dos lados e estaremos fazendo essa experiência no clássico. É uma forma de amadurecer e desenvolver. É um modelo já utilizado com resultados positivos no exterior e que pode vir a ser atraente", afirmou o presidente do Atlético-PR, Luiz Sallim Emed, ao ESPN.com.br. "Não é um produto exatamente explorado, mas uma tendência", prosseguiu.
"Queremos fazer uma análise do que vai acontecer, a receptividade disso, haverá interatividade com os torcedores dos dois times. Será interessante. Um case a considerar", concluiu. Ainda não está definido se apenas os sócios de Atlético-PR e Coritiba terão acesso. "É um assunto resolvido. A transmissão será feita e tivemos o cuidado de consultar a federação também antes disso", disse o vice-presidente do Coritiba, Alceni Guerra.
"Não dava para ver a Globo pagar tanto pelo Gaúchão, Mineiro e outros estaduais e oferecer o que ofereceram para a gente. Não podemos diminuir a esse ponto, especialmente, se considerarmos que elevaram a fatia para eles e propuseram cortar aqui. Não existe isso", finalizou.
Partes dos produtos comercializados nos pacotes de TV por cada um dos clubes, o pay-per-view e a internet são tidos como os mais promissores no mercado. O segundo, em especial, ainda não tem a devida atenção dos cartolas, a exemplo da venda de direitos de transmissão para o exterior.

17 de fevereiro de 2017

Rui anuncia investimento em abastecimento de água na capital e no interior


“Já aplicamos em abastecimento de água mais de R$ 5 bilhões, mas a seca tem atingido o estado, apesar de todo o investimento que temos feito ao longo dos últimos anos. O volume de chuva tem sido insuficiente, inclusive em cidades que normalmente costumam chover”. A frase é do governador Rui Costa, que anunciou, nesta sexta-feira (17), mais investimentos do Governo do Estado em ações que visam garantir o abastecimento de água.  Em Salvador, afirmou Rui, estão assegurados R$ 400 milhões para a construção de uma nova captação na Barragem de Santa Helena, além da ampliação do Sistema Adutor Joanes II e da Estação de Tratamento de Água Principal, medida que visa garantir a ampliar a segurança hídrica na capital baiana.

Outros investimentos estão sendo feitos no interior do estado para garantir o fornecimento de água. “Em março, vamos iniciar a obra da barragem de Baraúnas, em Seabra, com investimento de R$ 90 milhões. Também iremos licitar a obra da Barragem do Catolé, em Vitória da Conquista, orçada em R$ 200 milhões. Na região de Itabuna, vamos inaugurar em meio deste ano a barragem do Rio Colônia. Já em Feira de Santana vamos investir mais de R$ 400 milhões para construção de uma nova estação de tratamento e uma adutora”, listou o governador.

“O investimento é grande, mas todo o cuidado é pouco e todo o uso racional da água é bem-vindo”, acrescentou Rui, que já inaugurou mais de 1.300 sistemas de abastecimento de água em sua gestão.  As declarações foram dadas pelo governador durante entrevista para a Rádio Metrópole FM, na manhã desta sexta.

Informações: Ascom do Estado via e-mail

CARNAVAL: Cordeiros vão receber R$ 54 por dia em Salvador

Cordeiros durante o carnaval de 2014 (Foto: Marina Silva/ Arquivo CORREIO)
Os cerca de 25 mil cordeiros que vão trabalhar nos seis dias de Carnaval em Salvador vão receber R$ 54 como pagamento por cada dia de trabalho. O valor já incluí o transporte de ida e volta. A diária e outras medidas foram anunciadas pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), as associações de bloco e o Sindicato dos Trabalhadores Cordeiros (Sindcorda), na tarde desta sexta-feira (17), na sede do órgão, no Corredor da Vitória.

O aumento de R$4 representa 7% a mais do que o que foi oferecido no carnaval de 2016, quando foram pagos R$50 por diária do trabalhador. Os cordeiros vão trabalhar de 6h à 7h por dia e terão que receber Equipamentos de Proteção Individual (EPI), composto por luvas, protetor auricular e sapato fechado. Eles terão direito também a um lanche: dois biscoitos e uma garrafa de água. Além desses itens, também é obrigatório o fornecimento de protetor solar.
Todas as ações constam em um Termo de Ajuste de Conduta (TAC), assinado no final de 2016, mas só divulgado nesta sexta. O documento foi assinado por 22 dos 39 blocos que desfilarão na festa deste ano e é permanente, o que significa que todas as garantias conquistadas serão mantidas nos próximos anos da festa. A única exceção é o valor da diária que terá que ser reajusta a cada ano. 
O termo determina ainda os deveres dos cordeiros. Entre as obrigações estão a boa relação com os foliões, a proibição de atividades como consumo de álcool, catar latas de alumínio e envolvimento em brigas. Dos 25 mil profissionais, cerca de mil foram, pela primeira vez, capacitados pelo Sindcorda para seguir estas regras. Eles também receberam orientações sobre a importância de usar os equipamentos de segurança.
"A crise afetou o carnaval e, por causa disso, blocos tradicionais não vão desfilar. É preciso repensar como ficam esses trabalhadores. Esse TAC é importante porque nos garantes os benefícios conquistados, traz respeito e evita a contratação arcaica, em cima da hora. Com certeza, foi um avanço nesse ano de crise", comemora o presidente do Sindcorda, Matheus Silva. Ainda segundo o presidente, o sindicato não é contra a democratização do Carnaval, mas, para ele, a festa momesca precisa de reestruturar para que seja mantida a cadeia de produção, que inclui as cordas.
As empresas serão responsáveis também por criar camisetas padronizando os cordeiros e, se descumprirem qualquer um dos pontos do acordo serão multadas com valores que alternam entre R$ 3 e R$ 30 mil, dependendo da irregularidade. A fiscalização será realizada pelo MPF e a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), através do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest).
"Nós temos todo o interesse em cumprir o acordo. Mesmo com toda a dificuldade da crise no Carnaval, nós e o Sindcorda andamos juntos", disse Márcia Mamede, representante da Associação de Blocos Alternativos, que compreende 12 blocos que assinaram o termo. São eles: Vumbora, Cerveja & Cia, Yes, Eu Vou, Harém, Pra Ficar, Banana Coral, Coco Bambu, Burburinho, Eva, Timbalada e Fissura.

Suplicy leva livros para dar de presente a Moro durante depoimento

Eduardo Suplicy se dispôs a levar exemplares de "Renda da cidadania: a saída é pela porta" e "Um notável aprendizado: a busca da verdade e da justiça do boxe ao Senado" para o gabinete de Moro, em Curitiba
O vereador de São Paulo Eduardo Suplicy (PT) levou dois exemplares dos seus livros "Renda da cidadania: a saída é pela porta" e "Um notável aprendizado: a busca da verdade e da justiça do boxe ao Senado" para a sede da Justiça Federal de São Paulo para dar de presente ao juiz federal Sérgio Moro.
Suplicy prestou depoimento à Justiça Federal do Paraná nesta sexta-feira (17), por videoconferência, como testemunha de defesa do ex-ministro Antônio Palocci, que é réu na Operação Lava Jato.
O vereador se dispôs a ir até a sede da 13º Vara Federal de Curitiba para entrega-los em mãos ao juiz da Lava Jato. "Se o senhor quiser que eu entregue em mãos os meus livros, aproveito a oportunidade e faço a visita também ao seu gabinete", disse Suplicy sorrindo, já no final do depoimento.
Suplicy contou que estará no dia 24 de fevereiro em Curitiba para dar uma palestra e que deseja aproveitar a oportunidade para visitar também os ex-ministros Antônio Palocci e José Dirceu na prisão.
"Não existe nenhum empecilho do juízo o senhor visitar o senhor José Dirceu ou quem quer que seja. Tem que se procurar o presídio para saber das regras de visita. Mas da minha parte não existe nenhum problema", disse Moro.
O juiz federal Moro agradeceu "a gentileza dos livros". "Todos conhecem a história notória do seu envolvimento nesse projeto de renda mínima. Até tenho um desses livros já, mas de bom grado aceito mais um exemplar", disse.
Moro contou a Suplicy que não estará na cidade para recebê-lo em seu gabinete. "Mas o gabinete fica aberto para o senhor a qualquer momento", concluiu com cordialidade.

O depoimento

A audiência com o vereador de São Paulo foi a primeira com testemunhas de defesa na ação penal relacionada à 35ª fase da operação Lava Jato. Além dele, o ex-ministro José Eduardo Cardozo também havia sido arrolado pela defesa para prestar o depoimento, mas a intimação acabou não sendo entregue. Cardozo disse ao UOL que não recebeu nenhuma notificação e que está de viagem a Bahia para dar uma palestra.
Outras duas pessoas convocadas por Palocci também foram ao longo da manhã.
Durante o depoimento, Suplicy foi questionado entre outras questões sobre se conhecia Palocci e que relação tinha com o ex-ministro e se tem conhecimento de alguma ligação de Palocci com a Brasken e Odebrecht e de alguma conduta que pudesse favorecê-las ilicitamente.
"Nunca o ministro Antônio Palocci chegou para mim [quando era senador] e falou 'olha, é preciso votar nisso aqui porque vai atender determinado grupo empresarial que tem boa relação conosco e se aprovado ele vai dar contribuição ao nosso partido. Nunca ouvi, assisti ou testemunhei qualquer ação do Palocci que não fosse de extrema seriedade", afirmou.

Governo do Estado mostra interesse em comprar o Hospital Espanhol

Após fechamento imóvel foi decretado bem de utilidade pública
O Hospital Espanhol, fechado desde setembro de 2014, pode ser adquirido pelo governo do Estado, para transformá-lo em um hospital de referência do servidor público, sob a administração do Planserv – o plano de saúde do funcionalismo estadual. De acordo com o governador Rui Costa, a aquisição vai depender das condições em que a unidade for a leilão judicial.
No início de dezembro do ano passado, a Justiça do Trabalho determinou a venda do imóvel para o pagamento das dívidas trabalhistas. A Justiça também já decretou a falência da instituição após pedidos do governo baiano e da Caixa Econômica Federal. 
“A melhor solução para o Espanhol é a justiça fazer o mais rápido possível o leilão. O Governo do Estado avalia seriamente a possibilidade de participar do leilão. Se as condições forem viáveis, nós podemos participar e arrematar o hospital. Ali precisa continuar sendo hospital servindo aos baianos”, disse Rui em nota enviada a imprensa.
“Não nos interessa injetar mais recursos públicos no hospital”, destacou Rui, lembrando que o Estado, na gestão do ex-governador Jaques Wagner e atual secretário de Desenvolvimento Econômico (SDE), liberou, em 2013, financiamentos da ordem de R$ 53 milhões por meio da Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia), com o objetivo de ajudar a recuperação financeira da instituição, localizada na Barra, o que não se concretizou. Na época, a Caixa Econômica também liberou financiamento da ordem de R$ 56 milhões. 
“Infelizmente, o hospital continuou, antes e depois deste empréstimo, com grave problema de gestão”, acrescentou Rui. “Hoje, o problema está mais grave do que antes. Além das dívidas trabalhistas, tem o empréstimo tomado junto ao governo e à Caixa. Só de dívida trabalhista, já passa dos R$ 150 milhões”, ressaltou o governador.
Na época da crise financeira do hospital, o então governador Jaques Wagner assinou um decreto declarando os imóveis pertencentes à Real Sociedade Espanhola de Beneficência, que administra o Hospital Espanhol, bens de utilidade pública, para impedir a venda da unidade. A medida foi adotada para evitar a especulação imobiliária e o desvio de sua finalidade, quando se cogitava inclusive abrigar uma empresa hoteleira, tendo em vista a sua localização privilegiada, em frente à orla da Barra.
O Caso
O hospital funcionou por 129 anos e já tinha passado por outras crises, mas a mais grave culminou no seu fechamento em setembro de 2014. O início se deu em 2012 quando para sanar dívidas com fornecedores e colaboradores, a instituição hipotecou o prédio do novo Centro Médico à Caixa Econômica Federal.
Em 2013, mais uma tentativa de salvar o Espanhol ocorreu, dessa vez por meio de um acordo com o Estado, através da Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia), e com a Caixa Econômica Federal.
Do total de R$ 107,6 milhões, o hospital recebeu R$ 82 milhões. Um plano de reestruturação financeira foi feito e contaria com a colaboração da Fundação José Silveira.
A Caixa não liberou o recurso final em virtude de o hospital não ter acatado a exigência de contratar uma gestão profissionalizada e independente.

Diarista cobra R$ 175 para fazer faxina completamente nua; veja fotos

(Foto: Reprodução/ The Sun)
Uma britânica chamada Deni Kirkova cobra 45 libras (algo em torno de R$ 175), para fazer uma hora de faxina completamente nua. Em entrevista ao portal “The Sun”, ela detalhou como foi a sua primeira experiência no ramo.
Deni foi convidada para trabalhar em uma empresa na qual as mulheres limpam a casa de clientes naturistas e, por isso, não podem usar roupa e a partir daí, passou a se sentir mais relaxada.
Vale ressaltar que os clientes são proibidos de tocar ou fazer insinuações às mulheres que vão fazer a faxina. A ideia é ser algo focado em clientes naturistas e não uma empresa que realiza fantasias sexuais.

Madre de Deus deseja ser referência no Judô


O prefeito de Madre de Deus, Jeferson Andrade, anunciou em sua rede social a possível contratação do treinador cubano Justo Noda Barreto, uma das grandes referências no Judô mundial, para teinar atletas do município.  Segundo o prefeito, conversas aconteceram com o vice-presidente da Confederação Brasileira de Judô, Marcelo França e o presidente da Federação Baiana de Judô, Marcelo Ornelas, em seu gabinete, para se concretizar a parceria.

O cubano Justo Noda tem em seu curriculum mais de 30 anos de experiência na seleção cubana, com 22 medalhas olímpicas e 32 mundiais. “Estou muito confiante com a possibilidade de Justo treinar os atletas de alto rendimento de nossa cidade e tornar Madre de Deus referência nacional no judô, para que nossos atletas que já nos trazem tanto orgulho possam disputar as olimpíadas de 2020”, escreveu o prefeito. 


Estudante da Ufba denuncia machismo em módulos de cursinho de Medicina


Um material de estudo para futuros residentes de Medicina que diz que uma mulher “de muitos atributos é disputada pelos gringos”. Na página seguinte, o livro afirma que outra jovem tem um corrimento vaginal com odor de “peixe podre” que faz com que ela não consiga “segurar nenhum namorado”. Depois, uma mulher aparece vestida em trajes sensuais, numa espécie de fantasia de diabinha – com uma crítica implícita a alguém que, depois de ser traída em um relacionamento abusivo, decidiu que viveria com mais liberdade. Tudo para que, ao final, o estudante responda qual é a sua hipótese diante do quadro clínico das supostas pacientes.
O material em questão é do cursinho preparatório para residência médica Medgrupo, que está presente em todos os estados do Brasil. Só na Bahia, há unidades em seis cidades: além de Salvador, há cursinhos em Feira de Santana, Guanambi, Itabuna, Irecê e Vitória da Conquista. Esta semana, imagens dos módulos causaram revolta e polêmica nas redes sociais depois que uma estudante de Medicina da Universidade Federal da Bahia (Ufba) fez uma postagem na internet criticando a forma como o conteúdo foi abordado, com uso de ilustrações e comentários machistas. 


A estudante postou o print da resposta que recebeu do Medgrupo
(Foto: Reprodução)

Madre de Deus doa alimentos para Serra Preta

Prefeito de Madre de Deus entrega doação de alimentos para associação Bravolândia
2,1 toneladas de alimentos vão beneficiar quase 200 familias
O município de Madre de Deus, 60 km de Salvador, doou 2,1 toneladas de alimentos para a Associação Desportiva Bravolândia com o objetivo de contribuir para famílias de baixa renda. Todos os anos, a prefeitura de Madre de Deus arrecada alimentos com o Madre Music e repassa os produtos para ONGs e Associações cadastradas na Secretaria de Ação Social deste município.

Pela primeira vez, uma associação de Serra Preta se cadastrou e foi contemplada com um pouco mais de duas toneladas, que serão destinadas para famílias com baixa segurança alimentar. O prefeito de Madre de Deus, Jeferson Andrade, se sensibilizou com a dificuldade que o semiárido vem enfrentando com a seca e fez de tudo para que uma associação de Serra Preta fosse beneficiada.

O pedido dos alimentos partiu do professor Mário Ângelo Barreto, que produziu um pequeno documentário sobre a seca em Serra Preta. “Não foi fácil conseguir. O prefeito de Madre de Deus aprovou a ideia, mas precisaria de uma associação de Serra Preta, toda cadastrada e com documentação atualizada. Três associações foram reprovadas, mas a gente conseguiu uma parceria com a Associação Comunitária Bravolândia, que providenciou em caráter de urgência a documentação”, disse Barreto.  

Mário Ângelo também destaca o empenho de Aldinho, prefeito de Serra Preta, e do secretário de saúde Paulo Sérgio. “Além de Jefison Figueredo, presidente do Bravolândia, o prefeito de Serra Preta monitorou todo o processo. Liguei para ele quase 2h horas da manhã e o transporte e ajudantes foram providenciados rapidamente. Foi tudo feito com a maior eficiência. Contemplada a associação, em menos de 24h os alimentos partirão para Serra Preta”.

Os alimentos já estão com a associação comunitária Bravolândia, que esta semana cadastrará as famílias beneficiadas. Os contemplados receberão feijão e arroz. Em menor quantidade, a associação recebeu pacotes de leite em pó, que será destinada para famílias com crianças. O Bravolândia contará com o apoio de dados da prefeitura para escolher as famílias que mais precisam. Visitas serão feitas nas residências dos beneficiados para colhimento de dados. Cópia dos documentos será encaminhada para a Prefeitura de Madre de Deus como prestação de contas. 

Assista ao vídeo sobre a seca que sensibilizou a Bahia



16 de fevereiro de 2017

Marisa Letícia nunca foi servidora do Congresso nem recebia R$ 68 mil

A ex-primeira-dama Marisa Letícia
Morta no dia 3 de fevereiro, a ex-primeira-dama do Brasil Marisa Letícia Lula da Silva teve seu nome envolvido em uma onda de boatos de que ela receberia um salário de R$ 68 mil como servidora do Congresso Nacional e que seu viúvo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), teria solicitado pensão após a morte dela. A reportagem do UOL checou a informação junto ao Congresso Nacional, Senado Federal e Câmara dos Deputados e constatou que o boato não tem fundamento. Marisa Letícia Lula da Silva não consta como servidora do Parlamento. 
O boato começou a circular em redes sociais e correntes de WhatsApp há alguns dias. Trata-se de uma imagem de um suposto pedido feito pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no último dia 13 de fevereiro solicitando pensão vitalícia referente ao falecimento de Marisa Letícia.
A imagem reproduz um logotipo do Congresso Nacional, um suposto número de protocolo e o nome de um suposto "departamento de protocolo" do Congresso onde o pedido teria sido entregue.
Documento falso circula pelo whatsApp


Trecho da BA 120 que liga Serra Preta a Riachão começa a ser recuperado


A Prefeitura de Serra Preta iniciou nesta terça-feira (14) a recuperação do trecho da BA 120 que liga Serra Preta ao município de Riachão do Jacuípe. O prefeito Rogério Serafim Vieira de Sousa (PTN),mais conhecido como Aldinho, vem buscando parcerias para realização de obras emergenciais.
A operação tapa buraco é resultado da parceria com o Consórcio da Bacia do Jacuípe, uma associação pública de municípios, que desenvolve ações com recursos oriundos do governo federal e estadual. Estão garantidos mais de 45 km de via que serão recuperados, o que vai trazer mais segurança  para o tráfego de quem precisa se locomover por esse trecho da BA.
Segundo o prefeito Aldinho, essa obra é de extrema importância e urgência já que a população sofre há anos com a situação precária das principais vias de acesso a Serra Preta. Ele ainda ressaltou que a operação é uma ação emergencial devido ao momento que o município atravessa [em janeiro o prefeito decretou situação de emergência] e que o objetivo é a efetivação da obra completa. Outro trecho que deve ser recuperado é a estrada de acesso ao Distrito do Bravo, que também se encontra esburacada, oferecendo risco aos motoristas que por ali  trafegam. 

 Informações: Ascom Prefeitura Municipal de Serra Preta via e-mail.

15 de fevereiro de 2017

Jornada Pedagógica reúne educadores e comunidade escolar para discutir o "Direito de Aprender"

Prof. César Nunes foi o palestrante da Jornada em Madre de Deus
Abertura contou com a apresentação do coral municipal 

A Prefeitura de Madre de Deus, através da Secretaria de Educação, realizou a Jornada Pedagógica 2017-momento em que profissionais da educação partilham ideias, ensinam e aprendem na coletividade, com o propósito de promover o fortalecimento do processo educativo, por meio da análise dos indicadores educacionais, dos valores e da cultura das escolas.
O tema escolhido é um convite à comunidade escolar para evidenciar práticas educativas e o trabalho desenvolvido através do "Direito de Aprender", na perspectiva das diversas linguagens e áreas do conhecimento.
O evento ocorreu no dia 15/02, na Câmara Municipal, com um público de cerca de 200 profissionais da educação. A sua abertura contou com a apresentação do coral municipal. Gabriel, ex-aluno da aceleração da escola Deijair, deu um depoimento emocionando a todos e agradecendo a educação que teve no município. Que foi graças a esses estudos que ele conseguiu aprovação em duas faculdades.
O momento mais aguardado sem dúvida foi à apresentação do Prof. César Nunes - educador brasileiro, palestrante e professor titular na área de Filosofia e Educação da FE/UNICAMP. Seguindo o tema da jornada ele enfatizou “A Escola que eu sonho é mais do que informação e memória, é aquela capaz de transformar a informação em algo subjetivo, agradável, pertinente, com sentido! "
A Jornada segue até o dia 17/02, sendo que os próximos trabalhos acontecem nas comunidades escolares, através de debates e planejamentos para execução durante o ano letivo.

Informações: Facebook da Prefeitura Municipal de Madre de Deus

Vídeo do Madre Canal foi exibido na Jornada Pedagógica



Justiça suspende pensão vitalícia paga a ex-governadores da Bahia

Foto: Manu Dias / Gov BA / Valter Pontes/ Agecom
O coordenador da Associação de Policiais e Bombeiros do Estado da Bahia (Aspra), Fábio Brito, por meio da interposição de ação popular, conseguiu a suspensão judicial de pensão vitalícia paga a ex-governadores e seus pensionistas, proposta pela Assembleia Legislativa e sancionada pelo governador Jaques Wagner (PT).
A suspensão foi deferida pela 7ª Vara da Fazenda Pública nos seguintes termos: “Nestas condições, e diante de tudo acima exposto, defiro a tutela de urgência requerida para afastar a aplicação da norma do art. 104-A, da Constituição da Bahia por violação direta à Constituição Federal de 1988 e determinar que seja suspenso o ato de concessão da chamada ‘pensão especial vitalícia’, em nome dos ex governadores, João Durval Carneiro, Paulo Ganem Souto e Jaques Wagner, até ulterior deliberação deste juízo, no prazo de 15 dias sob pena de cometimento de crime de desobediência e multa pessoal diária ao servidor responsável pela exclusão da folha de pagamento, com amparo no art. 5º, § 4º da lei 4.717/65”.
A sentença ainda determina que o Estado, em contestação, traga aos autos planilha discriminada de valores pagos a cada um dos ex-governadores, pensionistas e demais pessoas beneficiadas. Ainda cabe recurso da decisão.


NOTA À IMPRENSA

O secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia, Jaques Wagner, repudia ação inconsistente da ASPRA, que levou a Justiça a erro, ao deferir suspensão de benefício que nunca foi pago.
Wagner esclarece que não recebe, nem sequer requisitou, benefícios, proventos ou qualquer vantagem dessa natureza oriunda da sua condição de ex-governador.

Ascom/Secretaria de Desenvolvimento Econômico
71 3115-7816

12 de fevereiro de 2017

Riachão do Jacuípe: pé de barriguda parece está morrendo

A cidade de Riachão do Jacuípe, no território do Jacuípe, adotou a árvore como símbolo
Foto: Gobyrios
Na caatinga e no cerrado podem se encontrar a fascinante Barriguda, uma árvore pertencente à família dos Boabás, dos Embrés, nativas na Croácia, Turquia e Madagascar, resistente bastante a seca por depositar em sua “barriga” uma quantidade razoável de água.
A cidade de Riachão do Jacuípe, no território do Jacuípe, adotou a árvore como símbolo, que nasceu espontaneamente na Praça Nossa Senhora da Conceição e se tornou conhecida regionalmente. A barriguda também faz parte da história pelas brincadeiras. Só que ultimamente a árvore vem demonstrado fraqueza.
A árvore que há muitas décadas abrigou brincadeiras de crianças, pontos de encontros e referência geográfica, hoje não tem mais a mesma beleza do passado. Quem passa próximo tem a impressão que não está mais viva, mesmo assim, a Barriguda ganhou um canteiro só dela na reforma da praça, mas precisa de um cuidado especial para continuar sendo o símbolo da cidade.

11 de fevereiro de 2017

Fígado, rins e córneas de Dona Marisa foram doados


A ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, que morreu na sexta-feira, 3, aos 66 anos de complicações oriundas de um acidente vascular cerebral, teve os rins, o fígado e as córneas doadas.
A informação foi confirmada pela Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo. Segundo a secretaria, os pacientes que receberam os órgãos são do estado de São Paulo, mas não tiveram os nomes revelados.
Na quinta (2), quando foi divulgado pelo hospital um boletim médico informando a ausência de fluxo cerebral, Lula publicou em seu perfil no Facebook uma mensagem agradecendo o carinho e informando que a família tinha autorizado a doação dos órgãos.

Lula grava vídeo sobre os 36 anos do PT

Bahia recebe tratamento "vip" ao se hospedar em Teresina


Após uma longa viagem com direito a escala em Brasília para Teresina, no Piauí, onde vai enfrentar o Altos pela Copa do Nordeste, a delegação tricolor foi recebida com um tratamento vip no hotel onde está hospedada para o jogo de amanhã, às 16h. 

 O gerente do estabelecimento, Dirk Jurgen Zobiak, é sócio do clube e preparou tudo para receber o time do coração. Toda a decoração foi feita em azul, vermelho e branco. Duas funcionárias, inclusive, fizeram o atendimento com as camisas do Bahia. A decoração foi totalmente tricolor e estava por toda parte. 
Nos corredores, quartos dos atletas, nas toalhas de mesa e até mesmo nas jujubas. O cuidado foi tanto que havia até cartões com curiosidades sobre o clube. 

Matéria Relacionada

8 de fevereiro de 2017

Governo estadual reconhece situação de emergência por causa da estiagem em Santaluz

Situação do Tanque Grande, importante reservatório hídrico e um dos cartões-postais de Santa Luz | Foto: Notícias de Santaluz
O governo estadual reconheceu, através de decreto publicado na edição desta quarta-feira (8) do Diário Oficial do Estado, situação de emergência no município de Santaluz, devido ao longo período de estiagem que está resultando em seca e prejuízos para a população do município. O decreto vale por 90 dias a partir da publicação, retroagindo seus efeitos a 17 de janeiro deste ano, data em que o documento foi assinado pela prefeita Quitéria Carneiro (PSD).

O reconhecimento se deu após reunião entre o coordenador de Defesa Civil do município, Aílton Aquino, e o superintendente da Sudec – Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia, Rodrigo Hita. O encontro ocorreu na última segunda-feira (6), na sede do órgão estadual, localizada na capital baiana.

De acordo com Aquino, o decreto vai garantir acesso para a prefeitura municipal às ações de apoio para socorro e assistência à população, com o objetivo de minimizar os efeitos da estiagem. 

“Procuramos a Defesa Civil Estadual após determinação da prefeita Quitéria, que desde o início da sua gestão tem concentrado esforços para alinhar, em conjunto com os órgãos federais, estaduais e municipais, medidas de enfrentamento à estiagem. O objetivo é possibilitar o acesso às ações emergenciais para socorro e assistência as comunidades afetadas, que precisam ser assistidas em diversas frentes, principalmente com o fornecimento de água de boa qualidade, no sentido de garantir as condições mínimas de sobrevivência as famílias até o retorno da normalidade”, explica.


Assista ao vídeo que retrata a seca em Serra Preta - Bahia