22 de junho de 2022

Conta de luz: Aneel reajusta bandeiras tarifárias em até 64%

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou, nesta 3ª feira (21.jun.2022), o aumento de até 64% nas bandeiras tarifárias. Cada bandeira é acionada de acordo com o cenário de geração de energia, que varia de favorável (verde) a desfavorável (escassez hídrica).

Em vigor hoje, a bandeira verde não terá custo adicional ao consumidor. Foi aplicada em maio a todos os consumidores pela 1ª vez desde a crise hídrica. Segundo o ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico), a expectativa é que fique em vigência até o final de 2022

O aumento foi de 59,5% para a bandeira amarela, 63,7% para a vermelha patamar 1 e 3,2% para a vermelha patamar 2. Valem para o período de julho de 2022 a junho de 2023.

Eis os valores aprovados: 

amarela: R$ 2,99 a cada 100 KWh;
vermelha patamar 1: R$ 6,50 a cada 100 KWh; 
vermelha patamar 2: R$ 9,79 a cada 100 KWh. 

De acordo com a Aneel, o aumento se deve aos dados de compra de energia durante a crise hídrica, em 2021; aos custos com a geração térmica, por conta da alta nos combustíveis; e à inflação.









Arraiá do Maga! Valorizando a cultura nordestina


"Arraiá do Maga" faz parte da proposta pedagógica do Complexo de Educação Municipal Prof. Magalhaes Netto – CEMPMN em Madre de Deus. Além do lazer, a ideia é valorizar e refletir sobre a tradição junina no Brasil, principalmente no Nordeste.

Diversas apresentações, comidas típicas e capricho na decoração e adereços marcaram o projeto escolar. Vale a pena conferir os melhores momentos no vídeo abaixo.










17 de junho de 2022

Jornalista Dom Phillips dava aulas gratuitas de inglês em bairros periféricos de Salvador

(Foto: reprodução/redes sociais )

O jornalista Dom Phillips, assassinado no Vale do Javari, no Amazonas, ensinava inglês gratuitamente há cinco meses em um projeto social para jovens dos bairros de Alto do Cabrito e Marechal Rondon, localizados no subúrbio de Salvador. A última aula do professor aconteceu no dia 28 de maio e a previsão de retorno era para o dia 9 de julho, depois do recesso junino.

As aulas de Dom faziam parte do projeto Jovens Pensantes da Associação Emília Machado Bahia (Aemba), que tem como missão prestar assistência às pessoas de baixa renda nas áreas de educação, saúde, trabalho, esporte, cultura e lazer, capacitando adolescentes e jovens para se tornarem jovens aprendizes no mercado de trabalho.

A vice-presidente da entidade, Edlane Leal, conta que foi o jornalista que conheceu o projeto e decidiu se oferecer para participar. “Ele dava aula desde dezembro, era muito querido e sempre admirava a evolução dos alunos”, disse. Edlane afirmou que os alunos estão muito abalados com a perda do professor e estão recebendo suporte da Aemba. “A gente está dando suporte para os alunos, porque eles já perderam a presidente da associação há dois meses, então é luto em cima de luto”, completou a vice-presidente da entidade.

Aluna de Dom Phillips, Edla Kyesi, de 13 anos, ressaltou que o jornalista era muito mais que um professor de inglês. “Dom Phillips, ou Dominique, que era como a gente conhecia ele, era uma pessoa maravilhosa e ajudou todos da maneira que ele conseguiu. Ele não só contribuiu de uma maneira descontraída para que vários de nós pudéssemos aprender inglês, mas nos ensinou a sermos menos tímidos quando o assunto é aprender”, declarou a adolescente.

Segundo ela, o professor se preocupava com coisas que ele nem precisava e estava sempre empenhado em ajudar. “Ele fez o seu melhor todos os dias da vida dele, ajudando quem ele não precisava ajudar e mudando o que ele não precisava mudar e, no final, essa coisa brutal aconteceu, ele não merecia”, concluiu a aluna.

Para Antônio Carlos, 14, que também tinha aula de inglês com Dom, o jornalista tentava transformar o aprendizado da língua estrangeira em algo simples e era muito querido por todos os alunos. “O professor Dom saiu do seu país, da sua terra natal, para vir para um país distante e atuar em causas que ele não precisava atuar. O trabalho dele não se resumia apenas ao curso. Ele se preocupava com a preservação da natureza, com a crítica ao garimpo ilegal e com o desmatamento da Amazônia. Mesmo depois de sua morte, o seu trabalho não pode terminar, porque um trabalho importante desse tem que continuar para as outras gerações”, destacou o estudante.

Nas redes sociais, a associação publicou relatos de alunos, na ferramenta de Stories do Instagram, sobre Dom Phillips. Em um deles, a jovem , identificada como Michele, 15, demonstrou sua tristeza em ter perdido o professor e também a sua inconformidade com a crueldade do mundo. “Tento entender como o mundo pode ser tão cruel. Nós ficamos muito impressionados que teríamos aula de inglês com um britânico e, como sabemos, no começo não era fácil pronunciar uma língua diferente, mas como mas mesmo com a dificuldade, ele sempre ajudou e quando acertamos os seus olhos brilhavam”, comentou a menina.

Michele também relembrou que o professor avisou que iria para a Amazônia na última aula antes do recesso do São João. “Lembro que o senhor [Dom Phillips] disse: ‘vou viajar para a Amazônia, mas já já estarei de volta’. Eu fiquei tão feliz, o senhor falava sobre a Amazônia com brilho nos olhos, mas depois fomos surpreendidos com o senhor e o seu companheiro desaparecidos e imploramos a Deus e o nosso anjo da guarda que cuidasse do senhor”, completou.

Outra aluna, identificada apenas como Aduana, também publicou um relato para falar sobre a tristeza de perder o professor de uma forma tão brutal e para agradecer pelos seus ensinamentos. “É triste ver você partir dessa maneira. Que Brasil é esse que se você faz o bem você morre e se você não faz nada você morre também?”, indagou a jovem.

Informações: Correio da Bahia









12 de junho de 2022

Madre de Deus comemora 33 anos de emancipação

 

Blog ultrapassa 2 milhões de acessos

O blog se tornou uma referência regional para o professor Mário Ângelo Barreto 

O blog do professor Mário Ângelo Barreto ultrapassou mais de 2 milhões de acessos essa semana. O blog é bastante acessado na região da Bacia do Jacuípe, Feira de Santana e em Salvador. Barreto é formado em História e em Direito pela UFBA, mas o blog se tornou uma rotina desde 2009, sem a preocupação com a publicação cotidiana.   

Como o professor é natural de Serra Preta e sempre publica notícias ou matérias de sua terra, o blog é uma referência para quem mora distante e deseja interagir com a região. “Recebemos mensagens sempre de São Paulo e até mesmo do exterior para saber informações de Serra Preta e da região”, confirma o professor Mário Ângelo Barreto.

Mas nem tudo são flores para o blogueiro. Segundo Ângelo Barreto, perseguições já sofreu por causa do blog, principalmente no campo político partidário. “Já sofri diversas pressões com o intuito de inibir as postagens. Períodos eleitorais são os piores momentos, mas também há pressões de gestores quando fazemos alguma denúncia.”

Outro desafio é manter publicações periódicas no blog. Manter o blog vivo. “Como o blog não é comercial, nunca cobrei nada para escrever, nem abri para propaganda. Vivo como servidor público do Estado da Bahia e do município de Madre de Deus. Quase não sobra tempo para dedicar ao blog. As pessoas cobram matérias o tempo todo, mas nem sempre consigo atender os pedidos”, revela.

Blog de cara nova e com mais acessos
Mas como um blog pessoal, não tão regular nas publicações, conquistou 2 milhões de cliques? Para Mário Ângelo, a credibilidade foi um dos fatores. “Já me equivoquei algumas vezes, mas sempre estou preocupado em divulgar a verdade que observo dos fatos. Gosto sempre de checar a informação, de divulgar matérias de interesse público e curiosidades. Claro, que às vezes publicamos matérias não tão relevantes com o objetivo de atrair determinado público, mas não é o foco do blog”, destacou algumas estratégias.

O blog pode um dia se tornar comercial? O professor não pensa nesta possibilidade ainda, mas também não descarta. “Já recebi propostas de lojas, figuras públicas para fazer parceria comercial, mas rejeitei. Não tenho preconceito com quem gesta um blog comercial, mas a responsabilidade dobra, principalmente com os prazos. Talvez, poderia futuramente tentar um blog sustentável, gerando empregos e postando mais matérias interessantes. Hoje, muitos jovens sabem escrever bem, editar vídeos, filmar e fotografar. Pode ser um caminho, mas não terei pressa para tanto”, comentou.

A vida útil dos blogs tem sido questionada com o surgimento de novas redes sociais. “Meu blog é do tempo do Orkut. Quando publicava uma matéria, postava o link no Orkut e garantia muitos leitores. Depois, passei a postar vídeo, uma paixão, mas meu YouTube principal, com quase 4 mil inscritos e mais de 2 milhões de visualizações, foi derrubado pela empresa e estou tentando resgatar. Talvez, vou precisar ajuizar uma ação. O canal tinha vários vídeos e muita coisa se perdeu. O público cobra, mas o YouTube está insensível sobre o bloqueio. Nem sei direito o que aconteceu. O facebook e o Instagram também não permitem a publicação do link do blog. O blog passou a viver por conta própria”, sentencia.

A riqueza cultura sempre presente no blog
Mesmo assim, são 5 mil visualizações por mês. Interessante para um blog pessoal, mas a média já foi cerca de 20 mil acessos por mês. Sem contar, nas matérias que repercutiram. “Teve uma matéria sobre a mudança na Controladoria Geral da União – CGU, que alcançamos 200 mil cliques em 24h, é nosso recorde. Outra matéria de grande repercussão foi quando um padre negro de Serra Preta sofreu injúria racial. Nosso blog serviu de referência para a imprensa nacional. Recentemente, o aumento do salário do prefeito de Serra Preta para 25 mil Reais, divulgado pelo nosso blog, serviu de referência para a imprensa nacional” cita Barreto.   

Além dos cliques, o blog também já conquistou doações. A publicação de um vídeo, sobre a seca em Serra Preta em 2017, redeu ao professor a doação de 2,2 mil toneladas de alimentos através do evento musical “Madre Music”. Os alimentos foram todos repassados para a Associação Desportiva Bravolândia, onde moradores de baixa renda de Serra Preta foram beneficiados. O vídeo sobre a seca foi elogiado pelo jornalista baiano Marconi de Souza.

Agora, o futuro do blog depende muito do tempo disponível para postar novas matérias. Segundo Mário Ângelo, o projeto vai seguir do jeito que pode. A capa do blog sofreu mudanças, onde a foto de quando era jovem foi substituída por uma caricatura produzida por um aplicativo gratuito. “Meu filho Daniel é um aliado e gosta muito das redes sociais. Os pedidos dos leitores também são incentivos. No mais, só tenho que agradecer os 2 milhões de cliques e lutar para que os leitores não me deixem só” concluiu.  


Leia Também







29 de maio de 2022

Flagrante: guardas civis metropolitanos agridem mulher no centro de SP

Três guardas civis metropolitanos foram afastados depois de agredirem uma mulher na região central de São Paulo. Imagens flagraram quando os agentes se aproximam da vítima, jogam spray de pimenta e batem nela com um cassetete


Informações: SBT




PF faz perícia na 'câmara de gás' da PRF onde morreu Genivaldo

A investigação da PF tem 30 dias para ser concluída

Quatro peritos do Instituto Nacional de Criminalística da Diretoria Técnica Científica estiveram na manhã deste sábado em Umbaúba, no interior de Sergipe, para examinar a viatura da Polícia Rodoviária Federal na qual Genivaldo de Jesus Santos foi trancado durante abordagem na quarta-feira, 25. O homem de 38 anos morreu após o veículo se transformar em uma 'câmara de gás', em razão de os policiais terem usado gás de pimenta e gás lacrimogêneo dentro do porta-malas.

Os agentes também fazem a perícia do local onde Genivaldo de Jesus Santos foi abordado. Como mostrou o Estadão, antes da vítima ser trancada na viatura da PRF, ela foi alvo de xingamentos, rasteira e chutes, além de ter sido imobilizada por dois agentes que colocaram os joelhos sobre seu tórax.

As perícias são parte das diligências que a PF em Sergipe realiza no âmbito do inquérito aberto para apurar as circunstâncias da morte de Genivaldo. A corporação diz que também está realizando a identificação de testemunhas e a coleta de material probatório.

A abertura apuração foi divulgada no final da manhã desta quinta-feira, 26, pela unidade da corporação em Sergipe, horas antes de o ministro Anderson Torres se pronunciar sobre o caso. A PF em Sergipe diz que o inquérito foi instaurado por iniciativa própria.

A reportagem apurou que três PRFs envolvidos na abordagem se apresentaram à Polícia Federal em Sergipe logo depois do ocorrido em Umbaúba. Eles foram ouvidos pelos investigadores, mas devem ser intimados a prestar mais depoimentos ao longo do inquérito.

A investigação da PF tem 30 dias para ser concluída. Após tal prazo, o procedimento deve ser encaminhado ao Ministério Público Federal, que vai avaliar o oferecimento de denúncia contra os policiais envolvidos.

No âmbito da PRF, foi aberto um processo disciplinar para investigar a conduta dos agentes envolvidos. A corporação informou os PRFs ligados ao caso foram afastados de atividades de policiamento.

Ambos os procedimentos são acompanhados pelo Ministério Público Federal. O procurador Flávio Pereira da Costa Matias, coordenador de Controle Externo da Atividade Policial na Procuradoria da República em Sergipe, abriu um procedimento requisitou informações às Polícias Civil, Rodoviária Federal e Federal sobre o caso.

No caso da PF, Matias determinou que, tão logo a corporação informe o número do inquérito aberto sobre a morte de Genivaldo, seja autuada imediatamente uma notícia de fato - apuração preliminar - para que o futuro procurador do caso acompanhe as investigações da PF, indicando as diligências que considerar necessárias e adotando 'as demais medidas que reputar oportunas'

Além da apuração aberta na esfera criminal, para acompanhar as investigações sobre a responsabilidade dos policiais pela morte de Genivaldo, a Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão abriu uma outra apuração, que vai se debruçar, no âmbito cível, sobre 'violações aos direitos dos cidadãos e, em especial, aos direitos das pessoas com deficiência'. Segundo a família de Genivaldo, o homem de 38 anos sofria de esquizofrenia e fazia uso de medicamentos há 20 anos.

Informações: Correio da Bahia





28 de maio de 2022

Serra Preta descumpre TAC e terá que pagar mais de 3,6 milhões de reais

Multa milionária pode dificultar o orçamento municipal. 

O município de Serra Preta, 150 km de Salvador, enfrenta uma Ação de Execução proposta pelo Ministério Público do Trabalho no ano de 2019 - processo nº 0000869-45.2019.5.05.0191, no valor de R$ 3.621.778,14 (três milhões, seiscentos e vinte e um mil, setecentos e setenta e oito reais, e quatorze centavos), valor atualizado até novembro de 2021.

Essa multa milionária é fruto do descumprimento de um TAC (Termo de Ajuste de Conduta) ainda na gestão do ex-prefeito Adeil Figueredo Pedreira em 2009. Na época, o município se comprometeu a não contratar ou manter contratado no quadro de pessoal qualquer empregado em desacordo com a regra do prévio Concurso Público, sob pena diária.  

Em 2019, o Ministério Público do Trabalho moveu execução da multa pelo descumprimento do TAC, razão pela qual o município de Serra Preta se vê devedor da quantia de R$ 3.621.778,14. Segundo o Advogado Tarcísio Lima “é preocupante um município como o de Serra Preta, com limitada arrecadação, sofrer penalização através de Execução de Multa em valor superior a Três Milhões de Reais, decorrente de descumprimento de obrigações legais e firmadas perante o Ministério Público. Valores que certamente comprometerão a saúde financeira do Município de Serra Preta, e prejudicará diretamente os munícipes”.


O distrito de Bravo, maior centro urbano do município, sofre com falta de infraestrutura 

O município de Serra Preta possui um IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) de apenas 0,566. Dados do IBGE apontam uma carência considerável de domicílios urbanos com infraestrutura adequada, presença de bueiro, calçada, pavimentação e meio-fio. A Sede do município sofre um êxodo histórico desenfreado, onde praticamente não há oportunidade de emprego e renda para a população economicamente ativa, embora a cidade histórica seja de 1722.

Na página eletrônica do Tribunal de Contas do Município (TCM), Serra Preta contou com uma receita total de R$ 45.720.533,67 em 2021. “O Orçamento municipal é interessante se for administrado, observando os princípios constitucionais e os investimentos estratégicos, mas não se pode perder recursos desta forma, principalmente com multas milionárias", alertou o professor Sandro Sena.

Via whatsApp, tentamos ouvir os gestores sobre as medidas tomadas de 2009 até os dias atuais, visando o interesse municipal. O ex-prefeito e atual vice-prefeito, Adeil Figueredo, visualizou a mensagem e questionou: “foi referente a que?” Já o ex-prefeito Aldinho disse que ia se informar, mas chegou a afirmar que o município “não perdeu, não, até onde eu sei”, escreveu. O ex-prefeito ficou de passar mais detalhes, porém duas semanas se esgotaram e tivemos que fechar a matéria. No dia 07 de maio de 2022, também enviamos mensagens para o atual prefeito Franklin Leite, desejando saber quais medidas judiciais ou administrativas serão tomadas, mas nenhuma resposta foi obtida.

Por telefone, o advogado trabalhista Tarcísio Lima nos informou que a Ação Executória já foi transitada em julgada, não cabendo mais recursos. Isso significa que dificilmente o município conseguirá arquivar a multa milionária, gerando um precatório. Em resumo, o precatório é um reconhecimento de uma dívida do Poder Público (municipal, estadual ou federal), que surge de uma ação definitiva e irreversível. A partir daí, a Fazenda Pública é obrigada a pagar a uma pessoa física ou jurídica. A multa milionária de mais 3,6 milhões, segundo a cláusula oitava do TAC, será direcionada ao FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador). 









8 de maio de 2022

Jacobina registra 16 tremores de terra neste domingo (8)

(Foto: Prefeitura de Jacobina/Divulgação)

A cidade de Jacobina, no norte do Estado, registrou 16 tremores de terra desde a madrugada deste domingo (8). Segundo o Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN), moradores do povoado de Jabuticaba relataram que sentiram a terra tremer. Somente neste ano, foram registados mais de 45 tremores de terra em Jacobina. Um estudo está sendo feito para mapear e investigar as causas dos tremores.

Na última quinta-feira (5), outro tremor de magnitude preliminar calculada em 2.1 mR foi registrado na mesma região.

Dessa vez foram 16 episódios. O de maior magnitude, registrado às 7h48 UTC (4h48, hora local), teve sua magnitude preliminar calculada em 2.3 mR.

Os outros 15 tremores, registrados neste domingo de Dia das Mães pelas estações sismográficas, tiveram magnitude igual ou inferior a 1.0 mR. Eles ocorreram às 2h17 UTC, 7h50 UTC, 7h52 UTC, 8h03 UTC, 8h05 UTC, 8h25 UTC, 9h17 UTC, 9h41 UTC, 9h43 (dois eventos), 9h51 UTC e 9h54 UTC.

Monitoramento

O LabSis/UFRN segue monitorando toda atividade sísmica que ocorre no estado da Bahia.  Em fevereiro deste ano, o coordenador do LabSis/UFRN, Aderson Farias do Nascimento, foi convidado pelo Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Jacobina para participar de audiência pública com temática sobre os tremores de terra que ocorreram na região.

O laboratório também instalou uma nova rede sismográfica no município, com apoio da Defesa Civil municipal, da prefeitura e do Instituto Nacional de Estudos Tectnicos (INCT-ET/CNPq). O objetivo é estudar e mapear a atividade sísmica com maior precisão. Ao todo, a rede conta com seis estações sismográficas localizadas em diferentes pontos do município baiano.

Neste ano de 2022 os eventos aconteceram nos dias: 

25/04 - às 17h12 UTC - um evento sísmicos de magnitude preliminar 2.5 mR

22/04 - às 19h14 UTC - um evento sísmicos de magnitude preliminar 1.2 mR

19/04 - às 15h10 UTC - um evento sísmicos de magnitude preliminar 1.3 mR

05/03 - três eventos sísmicos

04/03 - 17 eventos sísmicos

16/02 -  às 07h15 UTC -  um evento sísmicos de magnitude preliminar  2.3 mR

30/01 - dois eventos sísmicos

16/01 - dois eventos sísmicos

09/01 - dois eventos sísmicos

Informações: Correio da Bahia






22 de abril de 2022

Professor Mário Ângelo Barreto fala sobre o retorno das aulas presenciais

Prof. Mário Ângelo participa do programa Língua Solta 

Quem esteve no programa ‘Língua Solta’, da Rádio Madre FM, foi o professor e futuro diretor do Complexo Educação Municipal Prof. Magalhães Netto - CEMPMN, maior Escola do município de Madre de Deus. Ângelo falou das dificuldades do retorno presencial e os novos desafios para a Educação pública. O professor, que atualmente é vice-diretor, substituirá a Diretora Soraia Coelho no dia 30 de abril.
 
Além das boas vindas, os entrevistadores questionaram os problemas sociais e administrativos que a escola enfrenta, como os desentendimentos entre alunos, o consumo de drogas por parte de jovens, o fardamento escolar, a segurança alimentar e a infraestrutura da escola.

Mário Ângelo informou que o Magalhães Netto passará por grande reforma final do ano, onde a prefeitura pretende investir 6 milhões na rede escolar. “O Magalhães Netto é uma boa escola, mas precisa ser modernizada”, avaliou. O professor disse também que lutar um espaço audiovisual para avançar na inclusão digital.

Ao questionar sobre a valorização do professor. Ângelo denunciou que o Brasil ainda precisa investir nos professores permanentemente para garantir a qualidade e combater a desigualdade social. Finalizou citado o pensador Paulo Freire sobre a transformação que a Educação pode provocar no ser humano e convocou a população de Madre de Deus para abraçar a Educação público do município.

Acompanhei a entrevista





14 de abril de 2022

Bahia terá novos investimentos para a requalificação de mais de 36 mercados municipais


Os mercados municipais, centros de abastecimentos e feiras livres são importantes pontos de comercialização de produtos da agricultura familiar. Pensando nisso, o Governo do Estado vem, desde 2015, investindo na requalificação e ampliação destes estabelecimentos. Já são mais de 120 mercados requalificados ou em processo de requalificação, em toda a Bahia.  

Nesta terça-feira (12), o governador Rui Costa assinou convênio com mais 36 prefeituras de diversas regiões do estado, para a realização desta ação, em evento realizado no Parque de Exposições de Salvador.   

Um investimento de mais de R$40 milhões realizados por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), que beneficia toda a população dos municípios.  

A ação tem como objetivo levar mais conforto e segurança aos feirantes e aos consumidores, além de proporcionar um maior ordenamento e permitir a comercialização dos produtos da agricultura familiar, de forma segura e higiênica.  


O secretário da SDR, Jeandro Ribeiro, ressalta que, na Bahia, a agricultura familiar abrange 593 mil estabelecimentos rurais, chegando a quase dois milhões de agricultores e agricultoras. “Esses pontos de comercialização reúnem comerciantes e produtores das sedes dos municípios, comunidades e povoados. Um centro socioeconômico que viabiliza a produção de agricultores que estão no entorno do município, gerando renda, emprego e dinamização da economia local. Consolidamos uma intervenção no rural. O agricultor produz, colhe, leva para a feira, para vender seu produto e encontra ali quem consome”.  

Entre os municípios beneficiados está Irará. De acordo com o prefeito Derivaldo Pinto esse é um pleito que tem sido solicitado pela população iraraense. “Hoje, assinamos convênio dessa obra tão importante para o município. O estabelecimento recebe os produtos da agricultura familiar e faz com que os produtores escoem suas produções. Agora, a agricultura familiar vai ter um espaço adequado para fazer a sua comercialização”.   

Para a prefeita de Taperoá, Kitty Guimarães, é um dia que fica marcado na história do município. “Enfim chega o nosso tão sonhado centro de abastecimento. Os agricultores vão poder comercializar na avenida principal do município”.   


Assessoria de Comunicação SDR/CAR





5 de abril de 2022

Doméstica é resgatada após 40 anos de trabalho escravo


Uma mulher de 52 anos foi resgatada em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, após ter sido submetida a condições análogas à de escravo, por quatro décadas. A vítima, que não teve o nome revelado, foi retirada do local em que era explorada desde os 12 anos de idade, e encaminhada para a residência de seus familiares. Ela vai receber cerca de R$ 150 mil em indenizações.

A ação, da Comissão Estadual de Combate ao Trabalho Escravo da Bahia (Coetrae-BA), contou com a participação de diversos órgãos, entre eles, Defensoria Pública da União (DPU), Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério do Trabalho e Previdência, Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e Polícia Rodoviária Federal (PRF). Segundo informações divulgadas nesta segunda-feira, 4, pela DPU, a mulher, que trabalhava em uma pensão para estudantes, ainda não havia tomado nenhuma dose da vacina contra a covid-19.

A fiscalização foi motivada por uma denúncia que chegou à unidade do MPT, encaminhada pela Polícia Federal. De acordo com a DPU, a vítima contou à força-tarefa que começou a trabalhar para a empregadora quando tinha apenas 12 anos. Na época, ela morava numa fazenda em Ubaitaba, no sul baiano, e o pai concordou em deixar a filha seguir com a empregadora para Itabuna, onde ela residia naquela época.






28 de março de 2022

Will Smith se desculpa com Chris Rock por tapa no Oscar

 Smith agrediu Rock depois que o comediante fez uma piada sobre a cabeça raspada de sua esposa


O ator Will Smith se desculpou nesta segunda-feira, 28, com Chris Rock por ter lhe dado uma bofetada durante a cerimônia do Oscar, transmitida ao vivo na noite de domingo em Los Angeles.


Durante o evento, Smith agrediu Rock depois que o comediante fez uma piada sobre a cabeça raspada de sua esposa, Jada Pinkett Smith, que sofre de alopecia.

"Gostaria de me desculpar publicamente com você, Chris. Passei do limite e cometi um erro. Estou envergonhado e minhas ações não refletem o homem que quero ser. Não há lugar para a violência em um mundo de amor e gentileza", escreveu Smith no Instagram.

Smith publicou seu pedido de desculpas após uma enxurrada de comentários nas redes sociais comentando a reação - alguns contra, outros a favor - e também depois de a Academia de Cinema dos Estados Unidos ter condenado o incidente em um comunicado.

"Quero me desculpar também com a Academia, os produtores da cerimônia, os presentes e quem estava assistindo ao programa", disse Smith nesta segunda.

A Academia também anunciou ter ordenado uma "revisão formal" do incidente que dominou a cobertura do Oscar.








Secretarias de Cultura e Turismo lançam projeto Bahia Estado Locação


Em reunião realizada nesta segunda-feira (28), a Secretaria de Cultura (SecultBA) e Secretaria de Turismo (Setur) deram mais um passo à frente no fortalecimento do setor audiovisual e da economia da cultura no estado. O Projeto Bahia Estado Locação foi lançado e integra o conjunto de ações fomentadas pela Bahia Film Comission.

O projeto prevê um conjunto de ações que irão incentivar a cadeia econômica e turística, destacando para dentro e fora do estado o potencial da Bahia como um polo para a produção audiovisual. “Esse projeto visa colocar a economia da cultura no eixo do desenvolvimento do nosso Estado. Pois vai fortalecer a cadeia produtiva do audiovisual, inserir a Bahia como um dos principais destinos para produções cinematográficas e, assim, gerar emprego e renda, além de divulgar e valorizar os destinos turísticos”, destacou a secretária de Cultura da Bahia, Arany Santana.
Segundo apresentaram Daniela Fernandes, diretora de Audiovisual da Funceb, e Thales Castro, coordenador do Bahia Film Comission, o objetivo é atrair realizadores e viabilizar o acesso a locações em todo o estado da Bahia, que possam ser utilizados por filmes, séries, videoclipes, dentre outros gêneros de produções. Para movimentar a economia local, o projeto se compromete com a divulgação e valorização dos serviços, empresas e profissionais dos municípios e do estado como um todo, incentivando que as produções contratem os serviços locais para a sua execução.
“Turismo e Cultura são irmãos siameses, caminham juntos. Estamos unidos no projeto Bahia Estado Locação que dá estrutura para aqueles que nos procuram para fazer locação, consolidando a Bahia como destino turístico muito importante no Brasil”, ressaltou o secretário de Turismo Maurício Bacellar.
Para o setor turístico, o potencial do projeto Bahia Estado Locação está em divulgar, a partir das produções audiovisuais aqui executadas, as nossas cidades para fora do estado, servindo como divulgação e potencialização de possíveis destinos de viagens e de turismo cinematográfico.  
O projeto ainda se propõe a realizar atividades que promovam e atraiam o investimento no audiovisual baiano, através de palestras, reuniões e rodadas de negócios de produtoras instaladas na Bahia, assim como com os players do mercado audiovisual nacional e internacional, para demonstrar o potencial e estruturação do setor audiovisual na Bahia. Ações de internacionalização, como acordos para coproduções e encontros com Fundos Internacionais, também estão inclusas entre as demandas contínuas.

Mapa de serviços e articulação com os municípios
O Mapeamento dos Municípios - Bahia Estado Locação oferecerá os serviços disponíveis nas cidades, seu patrimônio histórico e cultural, bem como diversidade de paisagens e biomas presentes nos territórios baianos passíveis de interesse visual e imagético para os mais variados formatos de projeto audiovisual.
Isso ocorrerá através de um formulário online que os gestores municipais preencherão com as informações e imagens para composição de um Catálogo. A Bahia Film Commission cuidará do recebimento das informações, gerenciamento e organização para construção de um catálogo para publicação em seu site. O formulário está disponível em https://forms.gle/x7E3ZJePFrDSs2ZA7

Bahia Film Comission
A iniciativa do Governo do Estado é vinculada à Fundação Cultural do Estado da Bahia, unidade da Secretaria de Cultura. Film Commission é uma iniciativa presente em diversas partes do mundo e no Brasil, que pode ser organizada em instituição estatal, privada ou mista, com o objetivo de atrair produções audiovisuais para determinada localidade. Os serviços prestados pela iniciativa baiana correspondem ao Apoio à produção local, o Apoio à produção nacional e internacional, a Criação de redes entre profissionais e a Divulgação da produção baiana contemporânea. A Bahia Film Comission mantém um Núcleo de Apoio à Produção, e serviços como o empréstimo de equipamentos pode ser solicitado online.
Fotos: Lucas Rosário - Secult/GovBA
Secom via e-mail