26 de maio de 2019

Em ato pró-governo, professora faz 'protesto solitário' contra corte na educação


 
Professor protesta contra corte de verbas para universidades
 em Copacabana em ato pró-governo
 Foto: Renan Rodrigues/Agência O Globo

Renan Rodrigues
A professora municipal Valéria Mattos, de 60 anos, decidiu enfrentar o olhar de reprovação e aproveitar o ato pró-governo Jair Bolsonaro para protestar contra o contra feito nas universidades. Sozinha, ela pede mais investimos na área. 

 — Votei no Bolsonaro porque queria uma mudança radical, mas sou contra essa medida. Precisamos de mais livros e menos armas. O povo está com fome, está desempregado — diz Valéria Mattos. 

A professora decidiu enfrentar as caretas de reprovação da multidão para demonstrar a insatisfação contra o corte na educação, que, para ela, precisa de mais investimentos:
— Muita gente passa e faz careta para mim. Estou sozinha. Jamais podia esperar que ele (Bolsonaro) fizesse um corte na educação, na pesquisa. O Brasil é referência em pesquisa. 

No Rio, o ato começou às 9h na Orla de Copacabana . Um boneco de 3,5 metros de altura em alusão ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi levado elos manifestantes. O boneco tinha uma camisa em que, na parte de trás, vinha escrito "Judas".

As manifestações contra cortes de recursos para universidades aconteceram após o ministro da Educação, Abraham Weintraub, ter anunciado, inicialmente, um contingenciamento a três instituições: a Universidade de Brasília (UnB), a Universidade Federal da Bahia (UFBA) e a Universidade Federal Fluminense (UFF). Em entrevista ao jornal "O Estado de S. Paulo", ele falou que instituições que promovessem "balbúrdia" teriam recursos contingenciados. Depois os cortes foram estendidos a todas as universidades.

Informações: O Globo

22 de maio de 2019

Chico Buarque é o novo ganhador do Prêmio Camões

Além de compositor de vários dos maiores clássicos da
da música brasileira, Chico também tem uma breve, mas premiada- obra literária

(Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)
Por Maurício Meireles, da Folhapress

SÃO PAULO – Chico Buarque é o novo vencedor do Camões, principal troféu literário da língua portuguesa. O júri decidiu conceder a honraria ao escritor e compositor na tarde desta terça-feira, 21, em reunião na Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro.

O Camões elege todo ano um autor de qualquer país falante do Português. A escolha é um reconhecimento da obra completa do autor, em vez de apenas a um livro específico. O último brasileiro a ser eleito havia sido Raduan Nassar, autor de “Lavoura Arcaica”, em 2016.
No ano passado, o Camões foi para Germano de Almeida, escritor de Cabo Verde. Como é tradição, Chico vai receber € 100 mil (R$ 452 mil) pela escolha.
Além de compositor de vários dos maiores clássicos da da música brasileira, Chico também tem uma breve -mas premiada- obra literária. Seu último livro foi “O Irmão Alemão”, mas já publicou também “Budapeste” e “Leite Derramado”.
O Camões parece se espelhar no Nobel de literatura, que, em 2016, deu o prêmio a Bob Dylan. Como no caso do troféu sueco, não será inesperado se a notícia agora fustigar um debate sobre a canção pode ser tratada como gênero literário -e se honrarias do tipo estão corretas em premiar músicos.

‘Música no Brasil virou pornográfica ou de corno’, diz cantora Deborah Blando

"O espaço para música de qualidade e de nível se tornou escasso"

Blando diz que se sente muito feliz de estar deixando os palcos com sua turnê “One Truth Tour”
Da Folhapress
SÃO PAULO – A cantora Deborah Blando, 50, anunciou que está deixando o Brasil. Segundo um desabafo publicado em sua conta no Instagram, a artista não se sente confortável com o atual mercado musical brasileiro.

“Infelizmente aqui quem não é artista é famoso. E quem não canta faz sucesso. Quem mostra o corpo de forma grotesca e vulgar faz mais sucesso ainda. Música no Brasil virou ou música pornográfica ou música de corno, com letras machistas e grotescas. Sem poesia. Sem arte. O que matou a arte no Brasil, eu me pergunto?”, escreveu a atriz na publicação.
Blando diz que se sente muito feliz de estar deixando os palcos com sua turnê “One Truth Tour”, e que nunca se “prostituiu” para alcançar sucesso.
“Infelizmente tem publico para isso. O espaço para música de qualidade e de nível se tornou escasso a tal ponto que trabalhar no Brasil se tornou inviável para quem tem realmente talento. Obviamente ainda existem ‘artistas’ que sobreviveram e ainda estão no mercado. Mas não chega a dar uma mão cheia se for contar”, lamentou.
No desabafo, Blando também diz que quer viver o resto de sua vida “em paz”, explorando outros tipos de arte e música em outro país na Europa.
“Eu dei tudo de mim pra música e para meus fãs. Agora preciso seguir em frente buscando outros horizontes e crescer como ser humano que sou.” Apesar de se despedir, ela diz que ainda pode voltar para fazer algum show especial em terras brasileiras.
“Compositora e cantora que deixa agora um legado para a posteridade. Tenho orgulho de ter trabalhado com os melhores do mundo musical tanto no mundo todo -em especial os EUA- como aqui no Brasil e o resto do mundo.”

20 de maio de 2019

Baiano, Dinho do Mamonas Assassinas será homenageado por sua cidade natal

Foto divulgação
O líder da banda Mamonas Assassinas, Fabrício Alecsander Alves Leite, mais conhecido como Dinho, será homenageado em Irecê, na Bahia, sua cidade natal. Dinho faleceu em um acidente de avião em 1996, na Serra da Cantareira, em São Paulo, quando os demais integrantes do grupo também morreram.

A Praça da Juventude, uma das obras da gestão do prefeito Elmo Vaz (PSB), receberá o nome completo do cantor. A informação foi anunciada pelo deputado estadual Jacó (PT), nesta segunda-feira (20), em sessão ordinária na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). 

A obra da Praça da Juventude foi iniciada em 2011, na gestão do ex-prefeito José das Virgens, com emenda do deputado Edson Duarte, mas só foi finalizada este ano. De acordo com o deputado, a praça terá campo de areia, quadra poliesportiva, pista de skate, vestiários e estátuas do artista plástico Jailson Paiva. 

Outra obra importante para Irecê, a Praça Doutor Mario Dourado Sobrinho será inaugurada no aniversário de 86 anos de emancipação política da cidade, no dia 31 de maio. O local terá ciclovia, estacionamento e traz de volta, recuperado, o monumento "Nesta terra em se plantando tudo dá".  


Agnaldo Timóteo é internado na Bahia após mal-estar

Agnaldo Timóteo vai se apresentar nesta quinta no Trianon — Foto: Divulgação

O cantor Agnaldo Timóteo, de 82 anos, foi internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Barreiras, cidade no oeste da Bahia, na tarde desta segunda-feira (20), após ter um mal-estar. A informação foi confirmada ao G1 pela assessoria do artista.

Agnaldo foi levado para a UPA pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Segundo a unidade médica, o cantor deu entrada por volta das 16h, com quadro de pressão alta, vômito e glicemia baixa. Até por volta das 17h20, ele permanecia internado.
 
Unidade de Pronto Atendimento (Upa) de Barreiras
Foto: Carlos Augusto/TV Oeste

O artista está na Bahia para cumprimento de agenda. Agnaldo tem um show às 23h na cidade de Santa Rita de Cássia, a cerca de 160 km de Barreiras, onde está hospedado. O cantor é uma das atrações da festa em homenagem à padroeira da cidade.

Ainda não há previsão de alta, contudo, em contato com a reportagem, a assessoria de Agnaldo informou que, por enquanto, a apresentação está mantida.



17 de maio de 2019

Moradores relatam ardor nos olhos após contato com água em Salvador


Keyla Pereira | Foto: Divulgação | Freepik
Moradores de Salvador estão reclamando por sentir ardência nos olhos após ter contato com a água nos últimos dias, além disso, alguns comentam sobre o forte cheiro de cloro.
De acordo com a Embasa, as chuvas modificaram a composição da água de mananciais na capital baiana e na Região Metropolitana de Salvador (RMS). As medidas foram adotadas nesta quarta-feira, 15, para corrigir a alteração temporária das características da água que foi distribuída em alguns pontos da rede distribuidora do sistema integrado de abastecimento. Com isso, ocorre uma redução contingencial que deve durar até a água dos mananciais estabilizar e voltar à normalidade.
A Embasa recomendou que os moradores das áreas afetadas (confira a lista abaixo) façam o uso racional da água fornecida até que as condições voltem ao normal.
Desconforto
A residente do bairro de Itinga, Dulcicleide Alves, informa que a obteve más experiências ao entrar em contato com a água nesta quarta-feira, 15. "Ontem passei mal ao tomar banho, minha garganta começou a arder e sinto isso até agora.
Dulcicleide também conta que sua filha de quatro anos teve coceira no corpo, que resultou na vermelhidão, e também nos olhos. Nesta quinta-feira, 16, o filho de oito anos foi tomar banho e a água possuía cheiro de cloro e água sanitária. Segundo ela, foi necessário comprar água mineral como alternativa.
A equipe de reportagem também recebeu informações que situações parecidas ocorreram nos bairros de São Rafael e Imbuí.

Salvador: Águas Claras, Arraial do Retiro, Bairro da Paz, Arenoso, Barbalho, Nazaré, Saúde, Ribeira, Boa Viagem, Bonfim, Uruguai, São Caetano, Boca da Mata, Cabula, Cabula VI, Saboeiro, Caixa D´Água, Cajazeiras 2 a 11, Calabetão, Calçada, Caminho de Areia, Campinas de Pirajá, Pirajá, Canabrava, áreas altas de São Tomé de Paripe, Plataforma, Praia Grande, Porto Seco, Castelo Branco, Cidade Nova, Coutos, Curuzu, Dom Avelar, Doron, Engomadeira, Fazenda Grande do Retiro, Fazenda Grande 1 a 4, IAPI, Itacaranha, Itapuã, Nova Brasília, Piatã, Patamares, Stella Maris, Pau da Lima, Pernambués, Itinga, Jardim Cajazeiras, Jardim das Margaridas, Jardim Santo Inácio, Jardim Nova Esperança, Lapinha, Liberdade, Lobato, Macaúbas, Mata Escura, Mussurunga, Pero Vaz, Rio Sena, Sete de Abril, Sussuarana Nova e Velha, Tancredo Neves, Trobogy, Vale dos Lagos, Valéria, Vila Canária, ilhas de Bom Jesus dos Passos, dos Frades e de Maré.

RMS: Simões Filho, Lauro de Freitas, Santo Amaro, São Francisco do Conde, Candeias e Madre de Deus, Busca vida em Camaçari, Acupe em Saubara.